Ana Paula Alves Ribeiro.png

Ana Paula Ribeiro 

É antropóloga e professora adjunta da UERJ. Leciona no Programa de Pós-graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas (PPGECC/UERJ) e no Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades (PPCULT/UFF). É coordenadora do Programa de Extensão Museu Afrodigital Rio de Janeiro e do Laboratório de Experimentações Artísticas e Reflexões Criativas sobre Cidades, Saúde e Educação.

José Márcio Barros.png

José Márcio Barros 

É doutor em Comunicação e Cultura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Professor do PPG em Artes da Universidade do Estado de Minas Gerais e coordenador da Pós-Graduação Lato Sensu em Gestão Cultural. Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Cultura e Sociedade da UFBA e também leciona na PUC Minas. Coordena o grupo de pesquisa Observatório da Diversidade Cultural e o Programa Pensar e Agir com a Cultura.

Rosimeri Carvalho

É doutora em Administração pela HEC-Paris e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Integra os grupos de pesquisa Observatório da Realidade Organizacional e Núcleo de Estudos Marcelo Milano Falcão Vieira - NeMaVi. Foi coordenadora técnica do Projeto de Apoio à Elaboração dos Planos Estaduais de Cultura MinC-UFSC e coordenadora do Curso de Extensão em Administração Pública da Cultura.

FOTO Mariella Pitombo.JPG

Mariella Pitombo 

É doutora em Ciências Sociais (UFBA), professora Adjunta do CECULT/UFRB. É docente do curso de Pós-graduação Lato Sensu em Política e Gestão Cultural (CECULT/UFRB), líder do Grupo de Pesquisa “Motriz – Laboratório de Política e Gestão Cultural (CECULT/UFRB) e pesquisadora do Grupo de Pesquisa “Cultura, Memória e Desenvolvimento”(UnB). Desenvolve pesquisas no campo da sociologia da cultura, com enfoque em temas tais como: políticas culturais, cultura e economia; regimes de profissionalização artístico-culturais, entre outros.

Leandro de Paula

É doutor em Comunicação e Cultura pela UFRJ, mestre em Comunicação Social pela PUC-Rio (2009), bacharel em Produção Cultural pela UFF. Pesquisador Visitante no departamento de Religious Studies da Universidade da Califórnia . É professor Adjunto I da UFBA, lotado no IHAC, e professor permanente do Pós-Cultura. Líder do Grupo de Pesquisa 'Cultura, Política, Lógicas Identitárias e Produtivas', certificado pelo CNPq. Tem como foco prioritário de investigação a relação entre práticas discursivas e imaginários históricos, privilegiando os temas da religião, da política e do pluralismo democrático.

Dríade Aguiar.png

Dríade Aguiar 

É comunicadora, feminista negra, militante body positive e uma das gestoras da Mídia NINJA. Fez parte da Gestão Juca Ferreira no MinC como Coordenadora de Comunicação Digital. Desde 2014 integra o ELLA – Encontro Internacional de Feminismos, pautando o afro feminismo, os direitos LGBTQIA+ e a anti-gordofobia. Faz parte também do Movimenta, um grupo de mulheres parlamentares e movimentos sociais pela disputa de legislações feministas na América Latina.

Partilha 1.png

Jaqueline Fernandes

É jornalista, educadora popular, gestora e produtora cultural. É estilista, especialista em comunicação estratégica, em Gestão de Políticas Públicas em Gênero e Raça e em Estudos Afro Latino Americanos e Caribenhos. É idealizadora, curadora e coordenadora geral do Festival Latinidades - maior festival de mulheres negras da América Latina. De 2015 a 2018, atuou como Sub-Secretária de Cidadania e Diversidade Cultural, na Secretaria de Cultura do Distrito Federal.

Rosa Angelini

Artista interdisciplinar, musical, audiovisual, performática e ativista, diretora artística e gestora cultural de destacada carreira nacional e internacional. De profissão é cineasta, professora de artes visuais e licenciada em educação. Idealizadora e diretora da Gestoras en red, rede internacional de trabalhadoras culturais e artísticas; FMN Chile Frente Música Nacional; Músicas em Rede.

Graciela Natansohn 

É Professora Associada da Facom/UFBA e docente do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas. Doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA. Tem pós-doutorados na Universidad Nacional de Buenos Aires/UBA e na Universidad Nacional Autónoma de México/UNAM. Coordena o grupo de Pesquisa em Gênero, Tecnologias Digitais e Cultura (GIG@/UFBA). É membra da Rede Latino-americana de Estudos sobre Vigilância, Tecnologia e Sociedade (LAVITS) e da Rede de Investigadores en Apropiación de Tecnologías Digitales (RIAT). 

Ana Carolina Rosário

É graduada em Produção Cultural e mestre em Cultura e Sociedade pelo Pós-Cultura (UFBA). Atua nas áreas de produção e gestão da cultura, com inserção em instituições e espaços culturais. Foi gestora do Teatro Gamboa Nova entre 2013 a 2019. É cofundadora da Denda Coletiva, coletiva autogestionada por seis produtoras culturais de Salvador, desenvolvendo iniciativas comprometidas com a equidade étnico-racial e de gênero na área da cultura e das artes.

Cíntia Guedes.png

Cíntia Guedes

Escreve, pesquisa, edita, é artista e professora do Bacharelado interdisciplinar em Artes da UFBA. Suas práticas atravessam o campo multidisciplinar das artes, e abordam a produção de corporeidades e memórias a partir de perspectivas anti-coloniais e afrodiaspóricas.

Janaina Damaceno.png

Janaina Damaceno Gomes

É professora Adjunta na Faculdade de Educação da Baixada Fluminense da Uerj, em Duque de Caxias, e uma das fundadoras do FICINE – Fórum Itinerante de Cinema Negro. É doutora em Antropologia pela USP, onde foi orientada pelo professor Kabengele Munanga. Coordena o grupo de pesquisas Afrovisualidades: estéticas e políticas da Imagem Negra, voltado à história visual do negro na África e na diáspora negra.

Kleber Amancio

É doutor em história social pela USP, é professor de história, teoria, crítica e curadoria de arte do CECULT/UFRB e do mestrado profissional em história da África, da diáspora e dos povos indígenas pela mesma instituição. Foi pesquisador visitante na Harvard University (2014-2015). É pesquisador da linha escravidão e invenção da liberdade na UFBA e do grupo de pesquisa “Nós e os outros” na UFRB.

Alexandra Dumas

Doutora em Artes Cênicas pela UFBA em regime de cotutela com a Université Paris-Ouest Nanterre LaDéfense. É professora da Escola de Teatro da Universidade Federal da Bahia. Foi também professora de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal de Sergipe. Realizou seu pós-doutorado na Université Paris Ouest-Nanterre La Défense, França. Foi fundadora, professora e coordenadora do Mestrado Interdisciplinar em Culturas Populares, da UFS. Tem experiência na área de Teatro em ensino e pesquisa, atuando principalmente nos seguintes temas: pedagogia do teatro, teatro e culturas populares, manifestações cênicas afro-brasileiras e estudos do teatro negro.

Stéfane Souto

É pesquisadora afrodiaspórica e profissional da cultura, mestranda pelo Pós-Cultura/UFBA e cofundadora da Denda Coletiva. É também especialista em Gestão Cultural Contemporânea pelo Itaú Cultural. Tem experiência na gestão de espaços culturais, com expertise nas áreas de produção executiva e gestão financeira de projetos culturais.

Partilha 2.png

Alemberg Quindins

Músico de formação popular, historiador autodidata, Fellow da Ashoka e Líder da Avina. Em 1992, restaurou a primeira casa grande da fazenda que deu origem ao Município de Nova Olinda - CE e criou em sua sede a Fundação Casa Grande-Memorial do Homem Kariri: uma organização não governamental que  tem como missão educar crianças e jovens através da gestão cultural e do protagonismo juvenil. Na África, em Moçambique e Angola, criou a rede de jovens comunicadores da língua portuguesa.

Andreza Nóbrega.png

Andreza Nóbrega 

É atriz, encenadora, produtora e professora. É doutoranda em Teatro pela UDESC, mestre em educação inclusiva (UFPE), especialista em audiodescrição pela UFJF, arte-educadora graduada em Artes Cênicas pela UFPE. Atua como professora da educação básica e do ensino superior. Coordena a VouSer Acessibilidade (antiga VouVer Acessibilidade), que concebe e realiza projetos artísticos e formativos no universo da acessibilidade comunicacional.

Isabela Silveira

É atriz, gestora e ativista da cultura. É doutoranda em Cultura e Sociedade (Pós-Cultura/UFBA), mestra em Teatro e bacharel em interpretação teatral pela UFBA. Integrou o Núcleo VAGAPARA e outros coletivos artísticos de Salvador, foi conselheira de cultura de Salvador, coordenou o Espaço Xisto Bahia e trabalhou na Fundação Cultural do Estado da Bahia. Além disso, é mãe-solo de uma menina, a pequena Tereza.

Luciano Simões 

Professor do Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT) da UFRB e coordenador do Núcleo Cultura e Território da Pró-Reitoria de Extensão da UFRB. Atuou por 22 anos na gestão de projetos e de organizações da sociedade civil vinculadas aos direitos de crianças, adolescentes e jovens. Doutor pelo Pós-Cultura/UFBA. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos-UNISINOS, RS e bacharel em Administração de Empresas pela UFBA.

Nathalia Leal

É graduada em Produção Cultural pela UFBA e em Administração com hab. em Marketing pela Fundação Visconde de Cairu. É especialista em Gestão Cultural pelo Itaú Cultural e tem MBA em Comunicação Corporativa pela Universidade Salvador/UNIFACS. É mestre em Cultura e Sociedade pelo Pós-Cultura/UFBA e doutoranda pelo mesmo programa. Atuou como gestora pública na FUNCEB e na Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, especificamente na gestão dos equipamentos culturais desses órgãos. Atualmente é produtora cultural da Escola de Dança da FUNCEB.